Se você mora sozinho, sabe que juntar coisas inúteis é algo muito comum.

Se você mora sozinho, sabe que juntar coisas inúteis é algo muito comum.

Coisas que, num momento de impulso consumista, você comprou e jamais usou. Ou se usou, foi uma vez só. E a única pretensão desses objetos em nossas vidas é juntar poeira e ocupar espaço (que normalmente já é limitado).

Exemplos de tranqueiras que juntei durante os 4 anos que moro sozinha: DVD’s comprados dos ambulantes e que nunca assisti; caixinhas de madeira pintados à mão (dentro eu coloquei coisas que não servem pra nada e que não tive coragem de jogar fora); potes de margarina ou palmito que tenho certeza que um dia vou precisar, mas que só ocupam espaço; brindes do Mc lanche feliz com formato da Hello Kitty; um jardim japonês zen portátil; isso sem falar em roupas, sapatos e bolsas que não uso mais…

Mas vamos ao que interessa: como se livrar dos trastes?

1. Arrume uma caixa de papelão grande o suficiente pra caber esses trastes, mas pequena o suficiente pra que você consiga levantá-la sem travar as costas e ir parar no pronto-socorro.

2. Separe mentalmente 3 pilhas no chão: a primeira se chama “adeus”; a segunda se chama “tem uma chance de ficar”, e a terceira “não consigo me livrar disso

3.
Junte os objetos que pretende jogar fora, e mesmo que haja uma leve (ou pesada) dúvida na sua mente, vá em frente. Pegue o primeiro em suas mãos e reflita: “Eu usei isso nos últimos 12 meses?” Se a resposta for NÃO, coloque na pilha de “adeus” e não pense mais nele. Se a resposta for ‘sim, mais de uma vez e menos de 3 vezes’, coloque na pilha nº 2, mas se a resposta for ‘sim, mais de 3 vezes’ ou ‘não, mas foi minha mãe que me deu e ela vai ficar p*** se eu jogar isso fora, deixe por enquanto na pilha nº 3. Faça isso com todas as suas outras tranqueiras.

4. As coisas que você colocou na caixa nº 1, nem olhe mais pra elas. Ignore seus insistentes pedidos de ‘socorro, me tirem daqui’ ou seus olhinhos pidões dizendo ‘você vai ter coragem de me mandar embora?’. Vá para a pilha de nº 2 e analise novamente os objetos. Agora pense bem: você pode viver sem isso? Se a resposta for SIM, coloque na pilha nº 1 sem dó nem piedade.

5. A última pilha, de nº 3, você vai ter mais dificuldades em se livrar dos objetos que ali estão. Mas faça um esforço e siga o mesmo procedimento da pilha nº 2. Se mesmo assim, não conseguir jogá-los fora, deixe pra tentar de novo daqui a 6 meses.

6. Agora pegue os objetos que você escolheu dar um fim e coloque na tal caixa de papelão; depois procure na sua cidade alguma entidade que receba coisas usadas, ou se você tiver realmente MUITA coisa, pode organizar um bazar de usados e ganhar um dinheirinho extra com suas coisinhas!

Você vai perceber como sua casa vai ficar mais limpa e organizada, e como você vai passar a achar as coisas que procura com muito mais facilidade! Se tiver algum outro método pra se livrar das suas tranqueiras, conte pra gente!