Archive for março, 2011

Ar condicionado

Eu nunca gostei muito de viajar em feriados prolongados, mas ficar em casa também é muito ruim, principalmente pra quem mora sozinho e é solteiro.
Se você vai pra praia tem que lidar com aquela aglomeração de pessoas aquele calor insuportável.

Mas nesse ultimo verão eu fiquei em casa para economizar um pouco de $$$ e me senti na praia de tanto calor, até pra dormir era horrível.

Acordava todo ensopado parecia que tinham me jogado um balde de água e isso que em Jaú nem faz tanto calor assim.
Então imaginei a possibilidade de comprar um ar condicionado.

Ar condicionado para solteiros, muito bom sou solteiro moro sozinho, sou meio igual o nosso amigo do vídeo (Mas sou mais bonito 🙂 ).

A primeira coisa que pensei antes de ir atrás de um ar condicionado foi no problema de dormir com ele ligado e acordar no outro dia com a garganta ruim. Imagina eu solteiro, falando igual o Pato Donald.

Foi então que conheci a nova linha de ar-condicionado da Sansung. Eles possuem um sistema chamado Good Sleep II, que ajusta a temperatura de acordo com os estágios do sono.

Outra coisa boa para nós que somos solteiros é que geralmente não temos tempo nem de arrumar a cama. Mas os modelos Vivace e Crystal possuem um Íonizador de plasma que deixa o ar que você respira livre de vírus, fungos, bactérias, ácaros e outros problemas chatos.

Cama bagunçada, não é mais problema

Cama bagunçada, não é mais problema

É claro que ar condicionado não precisa ser colocado necessariamente no quarto é que nos caso de quem mora sozinho isso convém e muito, mas se você quiser pode ficar a vontade pra colocar na sala, por exemplo, o design deles são ótimos além do que é muito bom coloca rum colchão no chão da sala e ver um filme.

Conheçam os modelos da nova linha de ar condicionados da Sansung: www.samsung.com.br/arcondicionado

E vocês já possuem ar condicionado?
Comentem….
Esse é um artigo Publieditorial

Sem categoria Vinicius de Oliveira 09 mar 2011 Nenhum comentário

Ex pra quê?

Quando escrevi um post sobre como nos livrarmos das tranqueiras do nosso dia-a-dia (veja aqui) , uma leitora, a Bianca, sugeriu que fizéssemos um que desse dicas do que fazer com as coisas que ganhamos dos nossos ‘ex’.

Ex... pra quê?

Ex... pra quê?

Ex’ pode se enquadrar em diversas categorias: ex-namorado(a), ex-amante, ex-ficante.
Qualquer que seja a categoria do seu ex, a palavra ‘ex’ já diz tudo: passado, finito, acabado.

Então, pra que ficar guardando lembranças de algo que já se foi? Além do mais, isso pode render várias brigas com o (a) atual. Tem gente ciumenta por aí que Deus me livre.

Claro, existem vários tipos de lembranças:

– Papéis: podem ser cartas, cartões, bilhetes, fotos… Junte tudo e, por mais ecologicamente incorreto que isso possa parecer, queime ou jogue no lixo. Eu acho que em alguns casos, queimar é quase um ritual. Você está dizendo adeus pra tudo aquilo que já se passou e não quer que volte mais.

– Objetos de uso pessoal: roupas, sapatos, bijuterias. Se você não for do tipo que chora toda vez que olha pra peça, pode continuar usando normalmente. Se seu atual for do tipo ciumento, é só não contar pra ele de quem você ganhou, afinal, se não significa nada pra você, pra que dramatizar? Agora, se você fica sentimental toda vez que olha praquela camiseta dentro da sua gaveta, ora, é só doar pra quem precisa.

– Jóias: só alguém com problema mental vai jogar fora ou doar aquele anel de brilhantes que ganhou no aniversário de namoro ou casamento. Se ta doendo olhar pra ele, VENDA!

– Bichos de pelúcia e afins: esse item ta mais fácil ainda! Doe pra um orfanato ou uma creche, olha que coisa legal, além de você desentulhar sua casinha, vai fazer uma criança feliz!

Quase todo mundo tem ou terá um ex na sua vida. Alguns relacionamentos são de fato muito longos, ou muito intensos, e às vezes é difícil a gente se desfazer das lembranças. Mas, pra que ficar entulhando nosso cantinho (que na maioria dos casos de quem mora sozinho já é bem apertado) com coisas do passado?

Quem vive de passado é museu!! Bola pra frente que a fila tem que andar!

Sem categoria Vinicius de Oliveira 02 mar 2011 Nenhum comentário