Archive for junho, 2009

A Geladeira de quem mora sozinho

Oi povo! Fiquei mega ultra super feliz com o convite do Sr. Implicante Vini para escrever aqui.
Mas torço para que este cabeção rapaz volte logo contando suas engraçadas dicas/estórias/histórias para nós que vivemos ou pretendemos morar sozinhos.

Geladeira de quem mora sozinho, em alguns casos, é um problema. Já não basta ser muitas vezes de segunda mão, raramente você encontra algo de bom dentro. No máximo que irá encontrar de saudável é a tão famosa água pura e cristalina (nem sempre você encontra tão pura e cristalina assim). Fora isso, aparenta ser um lugar deserto, frio, que consome energia, cheio de prateleiras, portinhas e gavetas.

Tive um namorado que quando eu abria a geladeira dele levava um susto. Primeiro porque nunca tinha o que comer e segundo que quando tinha já estava estragado.

Nas minhas visitinhas aos amigos que vivem sozinhos pude notar que por pouco não aparecem teias de aranha nas laterais internas da geladeira. Isso quando não tem aquela batata estragada, leite azedo, ovos podres ou aquele queijo e presunto mofados. Eis que a pessoa ainda lembra do conselho da vovó de colocar um copo com pó de café para eliminar os maus odores….como se fosse possível não acham?!

Moro com a minha irmã mais nova e não é sempre que a geladeira está lotada de coisas deliciosas, mas o que não pode faltar dentro são as frutas. Somos maníacas por qualquer fruta. Além disso Nestea, Yakult, leite, chocolates e sucos. De resto nos viramos por aí.

E na geladeira de vocês, além do espaço sobrando, o que poderemos encontrar?

Rafaela Ferro Lima
Tem 22 ano, carioca, telefonista e blogueira nas horas vagas. Desastrada, meiga, rabugenta, sorridente, gentil e atrapalhada. Acredita na paz mundial e em príncipes encantados, embora só tenha encontrado sapos em sua vida. Adora séries como Friends, CSI, Dexter. Ama batata frita, all star, dançar…e agora curte até um chopinho!E após um dia cansativo de trabalho, chega em casa liga o PC e vai conferir o que tem em sua geladeira.
Blog: http://guapinharj.blog.terra.com.br/

Sem categoria Vinicius de Oliveira 26 jun 2009 Nenhum comentário

Caaaarteeeirooooo!!!

Dicas para receber mercadorias em casa sem ter ninguém em casa.
Quem mora sozinho já deve ter enfrentado uma Incógnita básica:

-Como receber algo (leia-se encomenda) em casa sendo que você não está lá?

Fique tranquilo que vos-lhe dou algumas soluções já que estou para terminar minha Faculdade de Tecnologia em Culturas Inúteis e Renováveis, (a qual eu faço junto com o Vinão) com ênfase em Internet – negócios e logística, e minha monografia trata especificamente sobre quem Mora Sozinho.

1ª Dica – Alguns sites virtuais como a Submarino disponibilizam no fechamento do pedido um campo para observação. Evidente que não dá para agendar horário de entrega, mas faça como eu fiz, coloque o número do seu celular e pede que te liguem na hora que estiverem entregando.

2ª Dica – É justamente o fim da primeira. Oras, coloque o endereço de entrega do seu trabalho, porém depende muito do prazo de entrega.

3ª Dica – Você não tem celular! Não trabalha! Mas também nunca está em casa? A solução é simples: Coloque o endereço de um parente, e se não tiver ninguém na cidade, coloque de algum amigo que você confie.

4ª Dica – Pede para D. Maria do lado de cima ou do lado debaixo, ou ainda, que more em enfrente ficar atenta e receber para você. Afinal vizinhos não servem apenas para te odiarem.

5ª Dica – Se você não tem vizinho ou nenhum deles gosta de você ou nenhuma das alternativas em cima lhe coube. Desista! Nunca compre nada pela internet, e pense duas vezes antes de morar sozinho.

Alguém mais tem alguma dica de como receber encomendas sem estar em casa?

Rodrigo Lopes
É estudante, tem 23 anos e está cursando o 3º Ano de Jornalismo pelas faculdades integradas de Jaú.
Blog: http://www.incognitapia.blogspot.com

Sem categoria Vinicius de Oliveira 10 jun 2009 Nenhum comentário

Dia dos namorados

E ai pessoal espero que vocês estejam gostando dos posts dos meus amigos. Estou pedindo pra eles atualizarem por aqui enquanto eu não posso voltar a ativa totalmente. Mas hoje vou contar pra vocês uma historia de como eu conheci uma ex-namorada.

Escrevi esse texto pra participar da promoção da L’acqua di Fiori, pois como estou solteiro não vou ganhar presente de dia dos namorados :/
Quem sabe eu não ganho o kit da L’acqua di Fiori.

Uma vez conheci uma menina que modéstia a parte era muito bonita. Éramos aquele casal que todo mundo fala “O que um cara tão feio faz com uma menina tão bonita”. ¬¬

Uma vez a gente inventou de ir ao cinema, é claro que eu não lembro o nome do filme, mas era de terror e eu sou meio cagão pra essas coisas… Não curto filmes de terror… E nesse filme tinha um mostro, um espírito sei lá de quem que aparecia todos os dias às três horas da manha em ponto.

Daí que essa minha namorada começou a me ligar todos os dias às 3 horas da madrugada. Pow eu moro sozinho e essa desgraçada (que ainda por cima era palmeirense) além de me acordar ainda me dava um puta susto… E eu demorava pra conseguir dormir novamente.

Além de ser cagão, eu ainda sou meio desligado… Depois de uns dois meses fiquei sabendo que ela era espírita. (Ela jurava que tinha me falado isso logo quando me conheceu) mas enfim ela começou a vir com uns papos que via uns espíritos.. E que alguns deles vinham conversar com ela.

E eu comecei a ficar encanado…
E ela continuava me ligando as três da manha…

Até que um dia eu cheguei nela e falei:
Vinicius:Por favor fulana não toca mais nesse assunto de fantasma … não fala mais de filme de terror… e muito menos do seu time” (já falei que ela era palmeirense?)

A gente estava na sala da minha casa quando fiz esse pedido a ela.. E sabem qual foi a resposta dela?

Fulana:Ahn vini pode ficar tranqüilo… quem tem medo não percebe a presença deles… os espíritos só mandam mensagens pra quem tem o dom de interpretar corretamente o que eles querem passar, e além do mais aqui na sua casa eu reparei a primeira vez que eu entrei que blá blá blá blá...”

Nessa parte do bla blá blá eu não entendia mais nada.. Devo ter ficado branco.. vermelho… amarelo… e desviei totalmente meu pensamento com medo de ouvir ela falando que os espíritos da minha casa eram bonzinhos, ou eram malvados (ou era o elvis hehe)….

Esperei ela acabar o blá blá blá dela.. e simplesmente respondi:

Vinicius:Tá bom fulana….. (silencio de 3 segundos) então vamos sair e comer uma pizza ?

Saímos… Comemos a pizza… E levei ela pra casa dela…
E depois desse dia nunca mais liguei pra ela e nem atendi os telefonemas…

Então meninas se vocês não querem perder o namorado sigam meu conselho: Não falem que vocês vêem espíritos, muito menos que vocês torcem pro palmeiras… :p

E vocês já tiveram alguma história inusitada conhecendo algum namorado ou namorada?
Conta ai nos comentários… e depois vão lá no site da L’acqua di Fiori (http://www.lacquadifiori.com.br) e enviem suas histórias eles vão dar um kit L’acqua di Fiori. pras três melhores histórias…

Se você for solteira e ganhar pode dividir comigo o prêmio se quiser 🙂
Fiquei sabendo pelo twitter.

Este é um post post publieditorial..

Sem categoria Vinicius de Oliveira 02 jun 2009 Nenhum comentário